Durante o segundo trimestre de 2020, a taxa de crescimento anual do PIB de Portugal desacelerou para -16,33%, acompanhando assim a tendência global em consequência da crise global da saúde. Em relação ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego aumentou no trimestre para 6,50%, enquanto a taxa de crescimento interanual do emprego reduziu a sua taxa de crescimento interanual em relação ao trimestre anterior, para -3,53%. O euro manteve-se constante em relação ao dólar, registrando uma taxa de câmbio de 1,10 $/€. Por último, a inflação situou-se em -0,27%.

 


Macroeconomic outlook report: Portugal 2Q20

Watch video

Resumo macroeconômico

  • No segundo trimestre do ano, a economia portuguesa diminuiu o seu crescimento interanual face ao trimestre anterior para uma taxa de -16,33%. Esse desempenho foi explicado pela queda da demanda interna e externa em decorrência da crise global de saúde.
  • Em relação ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego em Portugal situou-se em 6,50% no 2T20, após ter registado um aumento de 0,03 p.p. face ao trimestre anterior, enquanto a taxa de criação de empregos registou um crescimento interanual de -3,53%, 3,03 p.p. inferior ao crescimento registrado no 1T20.
  • Durante o segundo trimestre de 2020, o euro manteve-se constante em relação ao dólar em relação ao trimestre anterior, registrando uma taxa de câmbio de 1,10 $/€.
  • A inflação em Portugal situou-se em -0,27% no segundo trimestre de 2020, 0,68 p.p. taxa inferior à registrada no trimestre anterior.

Para mais informações, acesse o documento executivo em PDF clicando aqui (também disponível em Espanhol).