Skip to main content

Relatório de Conjuntura Macroeconômica: Portugal

Primeiro trimestre de 2019

Durante o primeiro trimestre de 2019, o PIB de Portugal registou uma aceleração para uma taxa de crescimento interanual de 1,80%, principalmente devido ao comportamento do setor local. No que diz respeito ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego diminuiu no trimestre para 6,57%, enquanto a taxa de crescimento interanual do emprego reduziu a sua taxa de crescimento face ao trimestre anterior para 1,50%. O euro permaneceu constante em relação ao dólar, com uma taxa de câmbio de 1,14 US$/€. Finalmente, a inflação ficou em 0,76%.

Resumo macroeconômico

  • Durante o primeiro trimestre do ano, a economia portuguesa acelerou em relação ao trimestre anterior em 0,11 p.p. até atingir uma taxa de 1,80%. Esse desempenho foi explicado pelo comportamento da demanda interna, uma vez que o setor externo desacelerou esse crescimento.
  • No mercado de trabalho, a taxa de desemprego caiu 0,10 pontos percentuais, situando-se nos 6,57%, enquanto a taxa de criação de emprego registou um crescimento interanual de 1,5%, 0,39 pontos percentuais abaixo do crescimento registrado no 4T18.
  • Durante o primeiro trimestre de 2019, a taxa de câmbio nominal do dólar em relação ao euro permaneceu constante em 1,14 US$/€, o mesmo nível do 4T18.
  • A inflação de Portugal situou-se em 0.76% no primeiro trimestre de 2019, 0.07 p.p. inferior à taxa registrada no trimestre anterior.

Para mais informações, acesse o documento executivo em PDF clicando aqui (também disponível em Espanhol).

© GMS Management Solutions, S.L., 2019. Todos os direitos reservados. A informação contida nesta publicação tem caráter geral e não constitui opinião profissional e nem serviço de assessoramento de nenhuma espécie. Os dados utilizados nesta publicação proveem de fontes de informação públicas. A GMS Management Solutions, S.L. não assume responsabilidade alguma sobre a veracidade ou correção de tais dados.