Durante o quarto trimestre de 2021, a variação do PIB italiano permaneceu em números positivos com uma taxa de 6,20%, após uma aceleração em comparação com o último trimestre. Em relação ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego foi de 9,10%, enquanto a taxa anual de criação de empregos foi de 0,83%. Quanto à taxa de câmbio, o euro depreciou-se em relação ao dólar em comparação com o trimestre anterior, com uma taxa de câmbio média de US$ 1,14 durante o quarto trimestre do ano. Por último, a inflação aumentou em relação ao trimestre anterior para uma taxa de 3,37%.


Macroeconomic outlook report: Italy 4Q21

Watch video

Resumo macroeconômico

  • Durante o quarto trimestre de 2021, o PIB da Itália registrou uma taxa de variação homóloga de 6,20%, acima de 2,25 p.p. em relação ao trimestre anterior. Esta taxa permaneceu positiva devido à ampla cobertura vacinal, mas o crescimento foi amortecido pelo aumento das infecções devido à variante Ômicron que abalou a confiança dos consumidores.
  • No mercado de trabalho, a taxa de desemprego diminuiu 0,15 p.p. em relação ao trimestre anterior para 9,10%. O emprego na Itália continuou registrando uma taxa de variação anual positiva de 0,83%, embora tenha sido metade do valor registrado no trimestre anterior.
  • O euro depreciou-se em relação ao dólar americano durante o quarto trimestre, com uma taxa de câmbio média de US$ 1,14, quatro centavos a menos por euro do que no 3T21.
  • Quanto ao índice de preços, a inflação registrou uma taxa de crescimento anual de 3,37%, depois de aumentar em 1,19 p.p. em comparação com o 3T21.

Para mais informações, acesse o documento executivo em PDF clicando aquí (somente disponível em Inglés).