Durante o quarto trimestre de 2020, a atividade econômica chilena registrou uma recuperação significativa em relação ao trimestre anterior, como resultado do relaxamento das medidas de contenção. Apesar de um aumento na taxa de crescimento anual do PIB, o crescimento do PIB permaneceu negativo em -0,07%. Esta melhoria foi impulsionada pela recuperação da demanda e do consumo interno em comparação com o trimestre anterior. Por outro lado, o mercado de trabalho experimentou uma ligeira recuperação. A taxa de desemprego diminuiu para 10,90%, enquanto o emprego registrou uma melhoria em relação ao trimestre anterior, embora tenha continuado a apresentar uma taxa de variação interanual negativa de -12,96%. A inflação aumentou em relação ao trimestre anterior para 2,88%. Por outro lado, o peso chileno apreciou-se em relação ao dólar americano, com a taxa de câmbio média de 761,96 $CLP/USD no 4T20.

 


Macroeconomic outlook report: Chile 4Q20

Watch video

Situação macroeconômica

  • Durante o quarto trimestre do ano, a taxa de variação anual do PIB chileno aumentou em 10,18 p.p. em comparação com a registrada no 3T20, ficando em -0,07%. A melhoria do PIB foi explicada principalmente pelo relaxamento das medidas de contenção que reativaram parte da economia.
  • Em relação ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego diminuiu 1,89 p.p. em comparação com o trimestre anterior, para 10,90% durante o quarto trimestre. O emprego no Chile apresentou uma taxa anual negativa de -12,96%, embora tenha representado uma melhoria de 6,44 p.p. em comparação com o trimestre anterior.
  • O peso chileno valorizou-se em relação ao dólar americano em comparação com o trimestre anterior. A taxa de câmbio média foi de 761,96 $CLP/USD no 4T20, 18,97 pesos por dólar a menos do que no trimestre anterior.
  • No 4T20, a variação no índice de preços foi de 2,88%, depois de aumentar em 0,21 p.p. comparado ao 3T20.

Para mais informações, acesse o documento executivo em PDF clicando aqui (somente disponível em Espanhol).