Durante o 1T21, o Produto Interno Bruto peruano continuou a se recuperar, mostrando uma taxa positiva após quatro trimestres de crescimento negativo, atingindo uma taxa de variação interanual de 3,80%. Esta reativação da atividade econômica ocorre principalmente devido ao maior dinamismo e nível de atividade dos setores não-primários como comércio, serviços e construção. Em relação ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego diminuiu em relação ao trimestre anterior, situando-se em 14,26%. Por outro lado, a taxa de variação interanual de criação de empregos no Peru, atenuou sua queda e ficou em -13,92%. O Sol peruano desvalorizou em relação ao dólar em relação ao trimestre anterior, registrando uma taxa de câmbio de 3,66 S/$. A taxa de inflação aumentou no 1T21 para 2,56%.

 


Macroeconomic outlook report: Peru 1Q21

Watch video

Situação macroeconômica

  • Durante o 1T21, a taxa de variação interanual do PIB peruano registrou um aumento de 5,50 p.p. em relação ao 4T20, atingindo uma taxa de 3,80%.
  • Esta recuperação parcial e gradual da atividade econômica ocorreu principalmente devido ao maior dinamismo observado em setores não-primários como comércio, serviços e construção. De tal forma que impulsionou a demanda na esfera doméstica, que registrou um crescimento anual de 5,39%
  • Com relação ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego diminuiu 0,87 p.p. em relação ao trimestre anterior, situando-se em 14,26%. Por outro lado, a taxa de variação anual de criação de empregos no Peru foi de -13,92%, diminuindo em 3,10 p.p. a queda em relação ao trimestre anterior. Apesar disso, ela permaneceu bem abaixo dos níveis pré-crise.
  • A taxa de câmbio média do nuevo sol peruano em relação ao dólar americano se depreciou em relação ao quarto trimestre, para registrar uma taxa de câmbio de 3,66 S/$.
  • A taxa de inflação aumentou no 1T21 para 2,56%, 0,61 p.p. acima do valor registrado no 4T20.

Para mais informações, acesse o documento executivo em PDF clicando aqui (somente disponível em Espanhol).