Skip to main content

Relatório de Conjuntura Macroeconômica: Portugal

Segundo trimestre de 2018

Durante o segundo trimestre de 2018, o PIB de Portugal registou uma aceleração de 0,22 p.p., atingindo uma taxa de crescimento interanual de 2,40%, principalmente devido ao comportamento da demanda interna. Em relação ao mercado de trabalho, a taxa de desemprego caiu para 7% durante o trimestre, enquanto a taxa de crescimento interanual do emprego desacelerou em relação ao trimestre anterior, para 2,16%. O euro se desvalorizou em relação ao dólar, registrando uma taxa de câmbio de 1,18 $/ €. Finalmente, a inflação ficou em 0,99%.

Resumo macroeconômico

  • Durante o segundo trimestre do ano, a economia portuguesa acelerou em relação ao trimestre anterior em 0,22 p.p. atingindo uma taxa de 2,40%. Esse desempenho explica-se principalmente pela demanda doméstica, que registrou uma aceleração de 0,10 p.p. em comparação com o primeiro trimestre do ano, atingindo 2,60%, impulsionado pela aceleração do crescimento interanual do consumo privado e da despesa pública e apesar do abrandamento da formação bruta de capital fixo.
  • O comportamento das exportações de bens e serviços contribuiu para a aceleração do PIB português, uma vez que acelerou o crescimento interanual em 2,10 pp, para 7%, enquanto as importações aceleraram, em menor medida, em 1,60 pp, até 7,20%.
  • No mercado de trabalho, a taxa de desemprego caiu 0,67 p.p., permanecendo em 7%, enquanto a taxa de criação de emprego registrou um crescimento interanual de 2,16%, 0,96 p.p. inferior ao crescimento registrado no 1T18.
  • O euro se desvalorizou em relação ao dólar norte-americano em 0,05 dólares por euro em relação ao trimestre anterior, registrando uma taxa de câmbio de 1,18 $ / €. Esta depreciação ocorreu devido principalmente a pressão da política monetária do Sistema de Reserva Federal e à melhoria das previsões para os EUA.
  • A inflação ficou em 0,99% no segundo trimestre de 2018, 0,22 p.p. acima da taxa registrada no trimestre anterior, em decorrência da aceleração do preço de alimentos, bebidas, fumo, vestuário, moradia, combustíveis e transporte.

Para mais informações, acesse o documento executivo em PDF clicando aqui (também disponível em Espanhol).

© GMS Management Solutions, S.L., 2019. Todos os direitos reservados. A informação contida nesta publicação tem caráter geral e não constitui opinião profissional e nem serviço de assessoramento de nenhuma espécie. Os dados utilizados nesta publicação proveem de fontes de informação públicas. A GMS Management Solutions, S.L. não assume responsabilidade alguma sobre a veracidade ou correção de tais dados.